Wednesday, September 28, 2005

The Saint


Mais um filme que , estranhamente , ate foi bem aceite pela critica , mas que foi muitissimo ignorado e criticado pelo grande publico , aquando da sua estreia em 1997 . " The Saint" , baseado na famosa serie dos anos 60 que tinha como protagonsita o famoso Roger Moore ( 007 ). Tal como na serie , neste filme , o nosso heroi chamado Simon Templar , personagem a cabo de Val Kilmer ( The Salton Sea , Red Planet ) e um ladrao que se dota dos mais sofisticados meios para "adquirir" aquilo que outros querem , em troca de muito dinheiro . O seu ultimo trabaho consiste em adquirir a formula da fusao a frio , processo criado pela Dr. Emma Russel , personagem de Elisabeth Shue ( Hide and Seek , Palmeto ) . Contudo , Simon nao contava apaixonar.se pela cientista , pondo assim em risco o negocio estipulado entre ele e o magnata russo


Tretiak , que tem no seu filho Ilya , um poderoso e mortifero aliado . Uma vez adquirida a formula , Simon tenta vende.la a Tretiak , nao percebendo que esta , esta incompleta . Inesperadamente reencontra.se com Emma e os dois partem entao numa aventura perigosa numa Moscovo a beira de uma nova revolucao . Como tudo acaba nao vos vou contar porque espero que
quem ainda nao viu , aproveite e veja . Desde as primeiras cenas do filme , em que nos e mostrada parte da infancia de Simon e a razao pela qual adoptou o nome Simon Templar , que reparamos que este filme nao joga no mesmo terreno explosivo que James Bond . Presta sim mais atencao as personagens , colocando.as em situacoes , que mesmo que nao sejam tao extravagantes como as situacoes de 007 , sao mais realistas e talvez , pelo menos em alguns casos , com mais suspense . Talvez tenha sido essa a principal razao pela qual o filme nao tenha feito muito sucesso nos Estados Unidos . O grande publico devia estar a espera de um festival de pancadaria e de explosoes a torto e a direito e saiu.lhe literalmente , o tiro pela culatra . O filme leva a accao ate ao seu ponto mais minimalista , e nos momentos entre Simon e Emma , esqucece.mo.nos por completo dos momentos entre James Bond e as suas bond girls , na maior parte das vezes simples aderecos . Val Kilmer tem um desempenho convincente , assim como Elisabeth Shue . Alias , e a quimica entre os dois que sustenta grande parte do filme .
O contexto politico na Russia , criado de raiz para este filme , tambem e de se destacar , pois infelizmente ( e como aparece escrito logo no inicio do filme : num futuro nao tao distante ) tais situacoes podem ser vividas quer na Russia , quer noutro pais em situacoes semelhantes ou nao . Os secundarios tambem nao se safam nada mal , destacando.se Rade Serbedjiza . A banda sonora ( que tenho em casa ) e talvez das melhores bandas sonoras de um filme , contando com a participacao de bandas como os : Sneaker Pimps , os Underworld , Orbital ( com uma nova versao do tema do Santo ) e os Everything But The Girl , entre outros . Se um filme tem alguns pontos negativos , sao talvez aqueles momentos que mesmo que nao tivesse momentos de accao do genero James Bond ou Mission Impossible , podia ter mais ritmo .
Note.se tambem que , e tal como no filme " The Avengers " algumas cenas deste filme foram cortadas pela Paramount , depois de uns test screenings que nao correram la muito bem ( quem gostaria de ver as cenas cortadas tera que esperar ate um dia em que decidam editar um dvd especial ).

Destaque ainda ( e quase me esquecia ) para os cenarios naturais do filme , cortesia de cidades como Oxford , Londres e Moscovo e tambem para os desfarces de Val Kilmer . Acima de tudo , um filme que , tal como "Os Vingadores" nao foi muito bem compreendido . Infelizmente .

The Saint : de Phillip Noyce , com Val Kilmer , Elisabeth Shue , Rade Serbedzija , voz off de Roger Moore , 1997 Paramount Pictures , 0 a 10 : 6.5

1 Comments:

Blogger Justify Leila said...

Estou a ver que és uma fã do senhor Kilmer...tambéu eu, considero-o um dos poucos actores metódicos de Hollywood a par do já gone Marlon Brando e do vivíssimo Johnny Depp. Tanto o Santo como Planeta vermelho são filmes razoáveis, que vivem sobretudo de potentes interpretações e argumentos sólidos.
Vi também há uns aninhos largos Mod squad e recordo-me que na altura fiquei bastante satisfeita, mesmo não sendo um filme fantástico como tu bem disseste, é um filme a ver com toda a certeza!!!
O que é certo é que a estreia destes filmes data de uma época algo confusa neste business, (finais dos anos 90), o mercado estava a definir-se, as notícias não voavam como nos dias de hoje e era bem mais dificil montar um aparato publicitário via internet, com sites e passatempos como nos nossos dias.
Nessa altura ou um filme era mesmo bom, ou dificilmente se tornava num êxito, pois fora dos EUA, os filmes limitava-se a estrear nas salas de cinema cabendo-nos a nós decidirmos ver ou não com base nos últimos trabalhos dos actores principais...não é assim??
Hoje vemos as coisas com outros olhos, temos esse poder e mais do que isso, temos o dever porque não haja dúvida, sabemos exacatamete para o que vamos, mais não seja com as dúzias de trailers que podemos visionar nos nossos écrans de pc's, com os 'making of's' e 'behind the scenes', cosrtesia dos nossos (caros) canais por cabo e ainda com as mil e uma estratégias de marketing levadas a cabo pelas indústrias cinematográficas, através de marchedising variado para todos os gostos, pequenos e graúdos, feminino e masculino!!!

11:49 AM  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home