Saturday, June 03, 2006

Review : X Men III - The Last Stand


E assim chega ao fim a saga X Men ou pelo menos assim o indica o titulo " The Last Stand " . Foi criado um "antidoto " que segundo os seus criadores , elimina todos os genes mutantes . A comunidade mutante entra imediatamente em alvoroco , estando de um lado , aqueles a favor da "cura " e do outro , aqueles que consideram que ser mutante nao e nenhuma doenca . Pela primeira vez , Charles Xavier ( Patrick Stewart ) e o seu velho amigo Magneto ( Ian Mckellen ) encontram-se do mesmo lado : juntos contra a cura , mas ambos seguem caminhos diferentes que devem ser alcancados ate a aceiptacao por parte dos humanos , de todos os seres mutantes . Como se isso nao fosse suficiente , Jean Grey , que supostamente tinha morrido no segundo filme ( embora ja no fim do ultimo filme ja nos tivessem mostrado que nao ) regressa , mas desta vez com outra identidade - Fenix . Mais nao posso revelar , porque corro o risco de vos contar todo o filme . O que posso dizer e que , e tal como nos outros filmes , XMenIII- The Last Stand apresenta uma questao pertinente : a existencia de uma cura , para um comportamento ou aspecto considerado anormal . Quem e diferente , deve ter orgulho da sua condicao ou deve ajustar-se aos outros , impedindo assim que o contrario aconteca ? O filme nao nos da todas as respostas , pois em apenas 1h:43m muito fica ainda por contar , e parece ser esse o problema desta ultima incursao dos X MEN : tudo acontece a um ritmo tao frenetico , que poucos momentos ha em que temos a oportunidade de nos focar-mos nas personagens . Sao introduzidas novas personagens , mas apenas ( Beast ) e bidimensional , pois ao mesmo tempo que quer continuar a luta pela igualdade entre humanos e mutantes , perspectiva outra vida , caso seja "curado " . Mais uma vez , grande parte do destaque vai para Hugh Jackman ( Wolverine ) que parece ter encarnado na perfeicao a sua personagem . Hale Berry ( Storm ) tem neste filme , mais tempo de antena e isso so a favorece porque , se nos outros filmes tinhamos direito a pequenas demonstracoes de poder , neste somos brindados com todo o poderio da senhora que controla tempestades . Famke Janssen tem aqui , o seu melhor desempenho , pois ( digo eu ) parece sentir-se mais a vontade como ma da fita ( ou nao ) . Patrick Stewart tambem tem um desempenho satisfatorio , mas mais uma vez , quem rouba verdadeiramente o filme e o senhor Ian Mckellen , pois e aquele que , mais que os outros , parece verdadeiramente acreditar no material que tem em maos .
Os efeitos especiais sao verdadeiramente espectaculares , destacando toda a sequencia da ponte de Sao Francisco e os poderes dos mais variados mutantes . A banda sonora e razoavel , nunca sendo verdadeiramente marcante . O guarda roupa e o design de producao sao de qualidade e Brett Ratner conseguiu assim realizar um filme de Verao com mensagem , que pode ou nao ser o ultimo filme da saga , mas que ja e um enorme sucesso de bilheteira - 120 milhoes de dolares , so nos primeiros 4 dias de exibicao dos E.U.A.
Pontos positivos : Ian Mckellen , os efeitos especiais , uma Famke Jansen mais a vontade, algumas piadas , o design de producao ;
Pontos negativos : a unidimensionalidade de algumas personagens , o ritmo demasiado acelerado , uma banda sonora um bocadinho fraca ;
X Men III : The Last Stand : de Brett Ratner , com Hugh Jackman , Halle Berry , Ian Mckellen , Patrick Stewart , Famke Jansen , Vinnie Jones entre outros ; 2006 Twenthieth Century Fox , 0 a 10 : 6.5

1 Comments:

Blogger inca said...

és mesmo fanático pelo x-men. Acho que em 2030 ainda te estou a ver sentado numa sala de cinema a assistir ao x-men 15. Não acho graça quando se começam a fazer muitas sequelas dos filmes, pois a nossa espectativa vai aumentando e passamos a vida a comparar um filme com o outro. Acho que podiam ficar por aqui. o mesmo podia acontecer á missão impossivel e ao homem aranha.Apesar de gostar muito deste último acho que já chega, aliás o homem aranha 3 já não vai ter como protagonista o mesmo actor o que não acho muita graça. parece que perde a continuidade. You know.

10:37 PM  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home